Ginecomastia

O caso masculino de mamas muito desenvolvidas é chamado ginecomastia, e ocorre devido ao acúmulo de gordura ou problemas hormonais que ocorrem na adolescência ou velhice.

Esta alteração normalmente não é uma doença, mas ela pode causar traumas psicológicos e complexos desnecessários, principalmente em homens jovens.

Quando a ginecomastia ocorre de forma natural em jovens, há a possibilidade do problema desaparecer após a adolescência. A ginecomastia ocorre quando uma massa de tecido superior a 1,0 cm de diâmetro acumula-se na região mamaria e podem ocorrer 3 tipos diferentes de ginecomastia:

* 1º Caso: Sem excesso de pele, com pouco tecido glandular concentrado em volta do mamilo;
* 2º Caso: Quantidade maior de tecido gorduroso, estando este espalhado;
* 3º Caso: Maior quantidade de pele.

O tipo de cirurgia a ser aplicada depende do volume e intensidade do tecido a ser retirado.

Para a reparação da ginecomastia podem ocorrer 3 tipos de intervenção: a Lipoaspiração Simples; Lipoaspiração com remoção da glândula e a soma dos dois anteriores mais a retirada de pele.

A cirurgia é feita com incisão ao redor do mamilo e há o uso da lipoaspiração para retirar o tecido gorduroso. A anestesia para este tipo de operação pode ser local, ficando à critério do cirurgião. Quanto mais complexo for o caso, maior a necessidade de uma cirurgia para reposicionar os tecidos.

Na recuperação, os primeiros dias mostram edemas que logo desaparecem além de falta de sensibilidade que pode durar até um ano. As cicatrizes são de boa qualidade.

Consulte informações sobre seu cirurgião plástico junto à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica pelo site na internet ou pelo telefone:

SBCP NACIONAL
Fone: (11) 3826-1499 / 3826-1710
Site: www.cirurgiaplastica.org.br
SBCP Regional/MG
Fone: (31) 3275 1488
“Lembre-se de ler também as orientações gerais em cirurgia plástica que sempre são entregues junto com este informativo.“